O que você está procurando na
    cidade de São João do Paraíso?

Obrigado! Sua solicitação foi entregue com sucesso!

Oops! Algo deu errado no envio da solicitação...

Obrigado! Sua solicitação foi entregue com sucesso!

Oops! Algo deu errado no envio da solicitação...

Transportadora
DINNA
25°
Supermercado
Farmácia
anuncie
Perfect
Paraiso
title=
recomendados
title=

Paulo

Gesso

Hotel

Eletro

Carvalho

Som

25°

Kelvin

Cantina

KAU

Paraiso

Hotel

Zezinho

Circo

Fraternidade

Padaria

INFORMATIVO

Gostaria de Receber?

** Cupom Desconto **
*** Promoções ***
*** Novidades ***

do Guia Paraíso Online em seu e-mail?

Thank you! Your submission has been received!

Oops! Something went wrong while submitting the form

NOTÍCIAS: São João do Paraíso-MG
Estado continua atrasando repasses aos municípios e dívida total chega a R$ 9,7 bilhões
 
foto Notícia São João do Paraíso
 
06/11/2018 -

O governo estadual continua atrasando os repasses constitucionais semanais do ICMS e Fundeb aos municípios, além do transporte escolar e do piso da assistência social.


A dívida total, incluindo também repasses da Saúde, multas de trânsitos e juros e correções, já alcança a cifra de R$ 9,7 bilhões, segundo levantamento da Associação Mineira de Municípios (AMM) do dia 31 de outubro de 2018.


A irregularidade no pagamento dos repasses semanais vem causando um verdadeiro nó nas gestões municipais.


Muitos municípios já estão com salários dos servidores e fornecedores atrasados, além da paralisação de serviços básicos para atendimento à população. Na semana do dia 16 de outubro, foi repassado somente 41% do ICMS e na no dia 26, foi pago apenas 32% do valor devido.


Já no dia 30 de outubro os valores em sua totalidade não caíram nas contas das prefeituras gerando uma dívida hoje de R$ 654 milhões.


Já os repasses do Fundeb acumulam uma dívida de R$ 3,65 bilhões, em atrasos desde o dia 17 de abril de 2018. Muitas ações foram as ações (veja abaixo) da AMM para garantir o pagamento e a regularidade desses repasses e muitas foram as promessas não cumpridas pelo governo do Estado.


O presidente da AMM, 1º vice-presidente da CNM e prefeito de Moema, Julvan Lacerda, considera que a situação chegou a um estado de calamidade pública em centenas de municípios. “Servidores sem salários, fornecedores sem pagamentos, alunos sem escola, obras paralisadas, postos de saúde sem remédios. Essa é a realidade de centenas de municípios mineiros. É lamentável.


A AMM já tomou várias decisões. Vamos, agora, nos reunir com o presidente do Tribunal de Justiça do Estado de Minas Gerais (TJMG), com o procurador geral do MPMG e com o governador eleito Romeu Zema. Vamos expor a gravíssima situação e buscar outras soluções emergências, pois os prefeitos não aguentam mais só promessa” desabafou.

 
Autor/Fonte: AMM
 
Voltar
COMPARTILHE PARA TODOS

despachante | aluferro | unidade | in | carro | im | papelaria | banco | cimento | sine | emprestimos | sion | | jogos | jp | animais | camara | gesso | mania | loja | fotos | cartorio | contabilidade | guest | gr | ze | ac | lojas | tanaka | mercearia | clube | academia | gráfica | portas | fernando | posto | moto | so | copasa | casa | agro | bem | tg | supermercado | escola | 1 | cemig | informatica | paraiso | xerox |

DESTAQUES
Blackauto
 
classificados
 
Betel
 
2°
 
Jp
 
 
cupom
 
Drogaria
 
gws
 
Curriculo
 
Supermercado
 
Engmac
 
Flor
 
Lounge
 
Apoio
Club
 
Camara
 
Prefeitura
 
CDL
 
Tempo & Clima